Aumente a produtividade no mac com gerenciador de pacotes e bash_completion

Para todos que como eu utilizavam Linux antes de mudar para mac, pode ter ficado uma saudade do bash_completion, que facilita muito o uso do terminal.
A tecla TAB, no lugar de só completar endereços de pastas e arquivos, completa também comandos como ssh com os hosts já acessados, chown com os usuários e grupos existente, e muito mais.

E um gerenciador de pacotes de software muitas vezes pode ser uma mão na roda.

Há dois principais gerenciadores de pacotes para Mac, o Fink e o Macports.

O Fink é muito parecido com o apt do debian, utilizando pacotes pré-compilados para instalação.

Já o MacPorts é baseado nos *BSD Ports, baixando códigos-fonte e compilando em tempo de instalação, com verificação a dependências, de forma semelhante ao emerge do Gentoo.

O Fink utiliza a pasta /sw como raiz, enquanto o MacPorts utiliza /opt/local

É bom lembrar que para a utilização do MacPorts é necessário ter instalado os pacotes de desenvolvimento do Mac OSX, que costumam vir em um disco extra juntamente com o sistema operacional.

No mac, por padrão, o recurso auto-completar do Bash é muito pobre se comparado com o Ubuntu, mas é possível instalar o bash_completion, como descrito abaixo.

MacPorts:

Baixe e instale a versão mais recente no site oficial do MacPorts no endereço http://www.macports.org/install.php

Em seguida atualize a base do MacPorts:

sudo port selfupdate

E instale o bash_completion:

sudo port install bash-completion

Após a instalação, habilite o recurso adicionando as seguintes linhas ao arquivo ~/.profile:

. /opt/local/etc/bash_completion

A próxima sessão do bash aberta já terá os recursos habilitados.

Fink:

Baixe e instale a versão mais nova em http://www.finkproject.org/download/

Em seguida atualize a base:

sudo fink update

E instale o pacote, que já configura a funcionalidade:

sudo fink install bash-completion

Comentários

Comentar

Usando nome e URL
  • Endereços de páginas de internet e emails viram links automaticamente.
  • Tags HTML permitidas: <a> <em> <strong> <cite> <code> <ul> <ol> <li> <dl> <dt> <dd>
  • Quebras de linhas e parágrafos são feitos automaticamente.
  • [left]Conteúdo[/left] [right]Conteúdo[/right]
  • {{ url [|text] [|title] [|rel] [|target] }}
  • [edit] ..text.. [/edit]
  • Você pode citar outros comentários usando as tags [quote] .

Mais informações sobre as opções de formatação